HTML5 e o futuro da internet

Por RamonPage

UMA DOS GRANDES mitos em web semântica é a idéia de que um site só é de fato standard se for desenvolvido em XHTML. Mais importante que isso, sem dúvida alguma, é a escolha do DOCTYPE correto e usá-lo!

A velocidade crescente dos serviços web 2.0 (sim, hoje não temos mais portais, temos serviços) tratou de aumentar a curiosidade dos profissionais que antes não atentavam para a nova web. E em meio a essa avassaladora mudança, algumas implementações da web semântica podem confundir.

Os tempos mudando

Neste mês de setembro o Google lançou seu navegador, o Chrome. Com ele o Google acabou conseguindo – com sua conhecida persuasão – fazer com que pessoas com pouco conhecimento de internet entendessem que a internet não está diretamente ligada ao IE.

E onde o HTML5 entra nisso tudo?

Com a vinda do Chrome e o suporte a CSS 3 cresendo nos browsers modernos, um outro trabalho entrou em check: e o HTML5, como anda?

Semana passada, Jeff Croft tocou num assunto interessante: segundo a previsão, o HTML5 só estará definitivamente recomendado para uso em 2022!

Em entrevista ao blog TechRepublic, Ian Hickson, editor do HTML5, estimou a seguinte linha de tempo:

Quanto tempo, não? A resposta para a demora é de que o HTML4 foi pouco documentado e o HTML5 pretende chegar com muitos novos recursos, assim como o CSS3 também propõe. Para os que não costumam trabalhar com XHTML, o jeito é continuar com o HTML4 por mais um tempo.

Como ter um site standard trabalhando com HTML4

Simples! Como disse no início, tudo depende da definição do DOCTYPE. Não importa o DOCTYPE, desde que você não deixe de usá-lo.

Roger Johansson, do 456 Berea Street já trata do assunto faz tempo. Em 2006 ele explicou porque decidiu pelo uso do HTML em suas marcações. Até hoje ele mantém seu site em HTML4, e válido!

Então, enquanto o HTML5 não chega, tratemos de nos preparar para ele, começando pelo uso de um DOCTYPE adequado e seguindo todas as premissas para um projeto standard de verdade. :)

Atualização 16/09/2008: um DOCTYPE recomendável em HTML4 seria como o a seguir:

<!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01//EN"
        "http://www.w3.org/TR/html4/strict.dtd">
        

Marcado em:

* * *